sexta-feira, 13 de junho de 2014

LEIA O PRIMEIRO CAPÍTULO DE HIENA, NOVO ROMANCE DE RAY CUNHA

Treze minutos do dia 2 de agosto de 2012, uma quinta-feira. O senador Lucas Marinho Saraceni fazia anotações, cuidadosamente, numa agenda de capa de couro preto, no seu escritório no térreo do Tropical Hotel, quando sentiu que o observavam. Olhou para cima e arregalou seus olhos verdes. Estava petrificado quando arrancaram a agenda das suas mãos. Um relâmpago explodiu no seu pescoço e a cabeça voou, esguichando sangue. O corpo tremeu durante alguns segundos e continuou sentado. O ninja, trajado de smoking, recuou, segurando na mão esquerda a agenda de capa preta na qual o senador acabara de fazer anotações, limpou a katana no terno de linho do corpo degolado, guardou-a na bainha, dentro de uma maleta que depositara no chão e que parecia de instrumento musical, e se foi. Quando os agentes da Polícia Federal chegaram, em torno das 10 horas, seguranças do Senado da República haviam mexido em tudo, sem luvas.

Compre o HIENA no Clube de Autores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário